terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

ANIMAÇÃO CIDADÃ NA PREFEITURA DO RIO


A MultiRio  é uma empresa de multimeios da Prefeitura do Rio de Janeiro vinculada à Secretaria de Educação, mantém um departamento de desenho animado que produz animação voltada para a cidadania. Um dos trabalhos dessa equipe é a série "Juro que vi", que realiza filmes (desenhos animados) sobre lendas do folclore brasileiro, com uma produção do mais alto nível e participação de crianças das escolas públicas no desenvolvimento dos roteiros. Humberto Avelar dirigiu vários filmes da série "Juro que vi", todos muito premiados, entre eles "Saci" que acaba de ganhar o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, promovido pela Academia Brasileira de Cinema.
Na entrevista abaixo, Humberto Avelar conta um pouco dessas experiências.
Confira também (abaixo) o vídeo do "Animania".

01- Quando e como começou seu interesse por cinema de animação ?

A animação é uma arte que convida a gente para  descobertas mágicas muito cedo. Desde bem pequeno acompanho as aventuras dos personagens de animação pela TV e cinema com muito interesse.

02- Qual relação você vê entre cinema de animação e cidadania ?

À princípio, tudo que que vemos nos meios de comunicação é educativo. Com influências positivas ou não, absorvemos os ideais dos filmes animados. Quando essa produção é consciente de seu papel, pode fornecer resultados surpreendentes, principalmente se focada nas crianças.

03- Como funciona o departamento de animação da MultiRio ?

A animação da Multirio começou produzindo produtos televisivos como aberturas, vinhetas e campanhas. Na medida em que o trabalho foi ganhando corpo e importância dentro da casa, conseguimos ampliar nossa atuação para os curta metragens especiais. Para essas funções, a equipe varia de tamanho, adequando-se às necessidades de cada projeto e às prioridades  da empresa. Durante o projeto Juro que vi, por exemplo, envolvemos mais de vinte artistas na produção de cada filme.

04- Quais filmes já foram produzidos no projeto "Juro que Vi" ?

" O Curupira" (2003); " O Boto" (2004); "Iara" (2004); Matinta Perera ( 2006) e " Saci"( 2008).

05- Quais ainda serão produzidos na série ?

Não temos previsão de retorno à série no momento mas as idéias para esse e outros projetos estão sendo cuidadosamente estudadas.

06- Além da série "Juro que vi", quais outros projetos de animação são desenvolvidos na MultiRio ?

Produzimos a série "Cantigas de roda" com nove filmes baseados nas cantigas populares brasileiras. Tivemos um grupo grande dessa vez, dividindo a direção dos episódios entre vários animadores.
Entre esses trabalhos, o filme " Seu Lobo" recebeu destaque no Animamundi, com premiações nas categorias Animação infantil e Animação Brasileira.
Continuamos produzindo aberturas, campanhas e vinhetas durante todo o tempo. A campanha de cidadania " Sapequinha se liga" foi uma de nossas primeiras experiências e está sendo veiculada até hoje. Temos também uma campanha animada contra a Dengue que, volta e meia , assim como o terrível mosquitinho, está no ar.
Trazendo uma equipe mais enxuta e animação econômica, estamos conseguindo produzir uma série de trailers baseados em clássicos da literatura brasileira. São os livro-trailers. Um convite audiovisual que, através de ilustrações animadas, busca atrair crianças e jovens para a literatura.

07- Que efeito você nota nos alunos e professores que tomam contato com os projetos de animação ?

Os produtos animados da Multirio, segundo pesquisas junto às escolas, são os de maior aproveitamento em sala de aula. Quando conseguimos aliar conteúdo e diversão os resultados positivos são incríveis. A começar pelas crianças que contribuem com a concepção das estórias, trazendo sugestões, conceitos e desenhos. Eles são nossos parceiros com direito a crédito nos filmes! É uma abertura maravilhosa para a auto estima e ampliação de horizontes, sem falar na formação de uma platéia mais crítica e consciente do que é produzido especialmente para ela.

08- Na sua opinião, porque outras prefeituras e governos (quase todos) ignoram o desenho animado como um parceiro da educação e cidadania ?

Acho que a falta de informação é ainda um grande obstáculo. O desenho animado, por sua vez, sempre exigiu orçamentos altos e grande tempo de execução. Essa questão, no entanto, já está sendo superada hoje em dia pelos softwares modernos que agilizam e barateiam os custos. Nos resta agora divulgar as iniciativas que deram certo e estimular novas produções. O resultado vale muito a pena!

09- Você realizou o piloto da série "Vai dar Samba", contemplado no AnimaTv. Quais perspectivas você vê para essas série ?
A série "Vai dar Samba" é um projeto pessoal, independente da Multirio que já tem parceiros e está em fase de captação. É um trabalho que pretende ampliar todas essas experiências com animação e infância para um espaço mais comercial, onde estará mais disponível para o grande público. É um produto que tem muito a oferecer na área musical, unindo as etnias, culturas e crianças através da música. Uma iniciativa que tenta mostrar que entretenimento e conteúdo podem andar juntos .

10- Você tem outros projetos de animação ?

Nesse momento, o projeto que exige mais a minha atenção é o " Sítio do Picapau Amarelo". Ele volta sob a forma de série de animação pela TV Globo. É uma produção Mixer/Globo na qual tenho a responsabilidade e o prazer de dirigir.

Em paralelo, continuo estruturando novas séries e acalentando um  projeto pessoal de longa metragem.

11- Você pode indicar links onde se possa ter acesso a trabalhos seus ?

Estou preparando um site com trechos de todos esses trabalhos. Enquanto ele não chega, é possível ir assistindo alguns filmes em baixa resolução pelo youtube. Pode se fazer uma busca pelo meu nome ou pelos títulos " O Curupira", " O Boto", " Seu Lobo". " Catavento e dica animada"  http://www.youtube.com/watch?v=ND7E_c3Js9g    ;  "Livro Trailer - O Quinze"; "Livro Trailer - Policarpo Quaresma", " Tom Jobin e Nova Banda -  Borzeguin "    http://www.youtube.com/watch?v=-qt8VcqlTOM  .

Sobre a MultiRio
Sobre o AnimaTv
http://blogs.cultura.gov.br/animatv/

sábado, 11 de dezembro de 2010

S A B I Á

No último dia 03 de dezembro de 2010, num início de noite de sexta-feira chuvosa, o auditório do SENAI de Campinas exibiu o longa-metragem de animação (ainda em fase de finalização) "HISTÓRIA ANTES DE UMA HISTÓRIA", roteiro e direção de Wilson Lazaretti. A sessão foi aberta com a exibição do curta "SABIÁ".
"S A B I Á" foi realizado por professoras da rede municipal de ensino de Campinas, em uma oficina no MIS-Museu da Imagem e do Som de Campinas, ministrada pelos orientadores do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas às sextas-feiras e segundas-feiras do mês de novembro.
Em um ambiente domidado por uma disciplina caótica as professoras criavam a poesia do moviemento, da plástica e da música. Certamente os grandes beneficiados serão os seus alunos. 
Apreciem trechos do making of e o filme...
Diga aí Lais, como foi o Zootroscópio ?
video 
Margarete, nos conte como fizeram o story-board.

  video
Márcia fala da música...

video
As desenhistas...
video 
As pintoras...

video 
As cantoras...
video 
No link abaixo você assiste ao videoclipe "SABIÁ"...


quinta-feira, 21 de outubro de 2010

ANIMAÇÃO TRANSAMAZÔNICA

Antoine, produtor da Direção Cultura sugeriu de emendarmos as oficinas do Maranhão (descritas no artigo abaixo "CURTAS DE ANIMAÇÃO") com uma oficina em Ourilândia do Norte, no Estado do Pará, onde há um Colégio Pitágoras para filhos de funcionários da Vale do Rio Doce. 

E assim foi.
De Porto Franco-MA, às margens do rio Tocantins, seguimos para Balsas no Maranhão (divisa com o Piauí). Terminada a oficina de Balsas, seguimos para Imperatriz. De Imperatriz, atravessamos os rios Tocantins e Araguaia, comendo a poeira da Transamazônica até Marabá, no Pará. De Marabá, mais cinco horas de estrada (?), passando por Eldorado dos Carajás e Xinguara até Tucumã, próxima de São Félix do Xingu.

video
De Tucumã, é que íamos diariamente a Ourilândia (cerca de 20 minutos) para trabalhar com professoras e alunos na oficina de animação.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

CURTAS DE ANIMAÇÃO

Enquanto fica, temporariamente, interrompida a produção da série "ANIME SUA COMUNIDADE", estamos trabalhando, nesse segundo semestre de 2010, na série "CURTAS DE ANIMAÇÃO". Nesse projeto estamos realizando 10 curtas-metragens em escolas públicas de cidades dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, e Goiás. Cada filme é realizado em uma oficina com crianças e professores, a técnica é o DESENHO ANIMADO e o tema é a própria cidade.
video
Montamos um estúdio de animação na escola. As crianças começam com um pouco de estudo de linguagem cinematográfica e exercícios de animação no Zootroscópio. É impressionante como, enquanto as crianças vão descobrindo a magia do movimento gráfico nos ciclos que desenham em suas tirinhas, vão se libertando para o desenho e adquirindo autoconfiança em seus próprios traços. Reviver a experiência de animadores do início do século XIX as deixa bastante seguras para encarar as ferramentas digitais do século XXI. Em seguida escrevem coletivamente a sinopse do filme que desenvolverão. O filme a ser realizado será uma produção coletiva. Com base nessa sinopse organizam o roteiro e desenham os quadros do story-board. Esse story-board (que é o roteiro desenhado) passa a ser o nosso guia para os próximos passos da produção. 
Nesse momento, o grupo se divide entre os que querem continuar na produção dos movimentos dos desenhos criados e aqueles que, paralelamente, querem criar a trilha sonora do filme. Para ambos, o story-board é a guia.

Os que ficam na trilha começam a pensar em instrumentos e objetos que podem produzir os sons que a estória pede. Os que ficam na animação vão para as mesas-de-luz e começam a desenhar a lápis, no papel, as várias posições necessárias para a composição dos movimentos dos personagens. Tanto os desenhos como os sons são criados exclusivamente para o filme. Os desenhos em papel são digitalizados (através de scaner) e pintados no computador. No início de cada novo dia de oficina assistimos ao copião (uma breve edição) do que foi produzido nos dias anteriores. Esse copião é analisado e aprovado ou retocado pelo grupo. Ao final de uma semana temos pronto um filme com duração aproximada de 3 minutos.
Em dezembro estará disponível um DVD com os primeiros 6 filmes (acompanhados dos respectivos making ofs) da série "CURTAS DE ANIMAÇÃO" com filmes realizados por crianças de Uberlândia-MG, Itumbiara-GO, Franca-SP, Porto Franco-MA, Balsas-MA e Ribeirão Preto-SP.
O projeto "CURTAS DE ANIMAÇÃO" conta com benefício de lei de incentivo federal (Rouanet), tem produção da DIREÇÃO CULTURA, e realização das oficinas por equipe do NÚCLEO DE CINEMA DE ANIMAÇÃO DE CAMPINAS. Os 6 primeiros filmes tem o patrocínio do INSTITUTO ALGAR e os quatro filmes a serem realizados em 2011 tem o patrocínio da COMGÁS.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Trecho de making of "ANIME SUA COMUNIDADE"

video

Trecho de "O MUNDO QUE QUEREMOS"

video

ANIME SUA COMUNIDADE


A série "ANIME SUA COMUNIDADE" já tem 9 filmes. Cada um acompanhado do respectivo making of.
Esse projeto é conseqüência da didática de animação que Wilson Lazaretti (Wal) e eu estamos desenvolvendo nesses 35 anos de NÚCLEO DE CINEMA DE ANIMAÇÃO DE CAMPINAS. Esse projeto tem dois objetivos principais:
1 - Proporcionar aos adolescentes das periferias o conhecimento e o domínio de ferramentas e linguagens de comunicação contemporâneas. O Cinema de Animação.
2 - Trazer para a cinematografia de animação brasileira, a imterpretação da sociedade por esses adolescentes, através de seu próprio grafismo e forma de dizer.
O projeto utiliza a lei de incentivo do Ministério da Cultura e foi contemplado por duas vezes no edital da COMGÁS, portanto tem o patrocínio dessa empresa.
Em 2008 trabalhamos com meninas e meninos da Guardinha de Campinas, do Centro Comunitário Jardim Santa Lúcia e da Escola Municipal CAIC Zeferino Vaz. Cada grupo falou de sua comunidade, produzindo os filmes "RENASCER É POSSÍVEL", "A HISTÓRIA DO CÓRREGO MIRIM-MIRIM" e "A MUDANÇA".
Em 2009/2010 produzimos outros seis filmes: "UM CHANCE PARA CRESCER", "BEM VINDO AO JD. AMANDA", "A SOBRA MISTERIOSA", "LEMBRANÇAS", "O MUNDO QUE QUEREMOS" e "OPS!!! ACONTECEU", realizados por meninas e meninos do CCJardim Santa Lúcia, Secretaria de Educação de Hortolândia, Grupo Primavera, Guardinha de Jundiaí e CEDAP, região do Jardim São Luiz de Campinas.
Os filmes são realizados em oficinas onde o grupo de adolescentes cria e executa coletivamente desde o roteiro até a trilha sonora, passando pelo story-board, animação e filmagem. Portanto, os adolescentes são os autores dos filmes.
As técnicas utilizadas são desenho animado em papel e sombras chinesas.
Os desenhos são feitos nas tradicionais pranchetas-de-luz, depois, digitalizados através de scaner e coloridos e finalizados no computador. As sombras chinesas são recortadas em cartão e filmadas na mesa-multiplano com câmera digital. As pranchetas-de-luz e a mesa multi-plano são fabricadas por Lazaretti.

Esses filmes tem sido selecionados para festivais como ANIMAMUNDI, MOSTRA DE CINEMA INFANTIL DE FLORIANÓPOLIS, FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA INFANTIL, CINECUFA, MOSTRA DE CINEMA AMBIENTAL DE BRASÍLIA, MOSTRA BACURI DE BELÉM DO PARÁ...
Em 2010 editamos um DVD com esses trabalhos (filmes e making ofs) que está disponível para os interessados, que nos podem fazer pedidos através do e-mail
mau@lexxa.com.br
Vários filmes do projeto estão disponíveis on-line no canal Elo Anima
http://www.blinkxbrasil.com.br/canal?canal=ELO+ANIMA
e no youtube
http://www.youtube.com/results?search_query=anime+sua+comunidade&aq=f